terça-feira, 11 de agosto de 2015

Ligados na Escola

No sábado (8/8/2015) participamos do evento chamado "Ligados na Escola" organizado pelo LACIIPED (Colégio Pedro II) e pela GEPEAIINEDU (UERJ), que ocorreu no Campus Engenho Novo II.
As turmas de 8º ano puderam participar e aproveitar uma agradável experiência de cuidado com o próprio corpo.
A participação dos estudantes do Colégio Pedro II foi muito elogiada pelos universitários da UERJ.
Veja imagens do evento na página do Colégio Pedro II.

Agradeço a todos os estudantes do 8° ano pela participação.

sexta-feira, 7 de agosto de 2015

Conteúdos a serem cobrados na 2ª certificação - turmas de 8º ano.

Para reforçar o que estudamos durante as aulas usem:

Livro:
- pág. 50 (texto).
- pág. 51 (exercícios realizados em aula).
- pág. 52 (texto).
- pág. 53 (exercícios realizados em aula).
- pág. 54 (texto).
- pág. 55 (exercícios realizados em aula).
- pág. 56 (texto).
- pág. 57 (exercícios realizados em aula).
- pág. 61 (exercícios do Documento 2 - realizados em dupla).
- pág. 80 (texto).
- pág. 81 (atividades).
- pág. 82 (texto).
- pág. 83 (atividades).
- pág. 84 (texto).
- pág. 85 (atividades)
- textos complementares anotados no caderno (publicados nesse blog).
- folhas de exercícios executadas em aula (Revolução Francesa e Era Napoleônica) - gabarito nesse blog.

A Era Napoleônica - Exercícios de História - Gabarito

Exercícios de História - Gabarito
A Era Napoleônica
CP II – CEN II – 8º ano – Prof. Wagner Torres
 (consultar livro; pág. 80, 82 e 84)
1) Na fase do.    consulado       . , na Era Napoleônica, havia uma .      ditadura      ., já que os outros dois cônsules pouco podiam.
2) Em 1804 foi decidido o fim da .              república            . e o estabelecimento do .                     im-pério         .
3) Para que Napoleão convidou o Papa, em 1804, a visitar Paris?
R:.      Convidou-o para a cerimônia de coroação como imperador da França                                 .                                                                                                                                                                  
4) O que Napoleão manteve para dar aparência de que o seu governo era liberal?
R:.        Ele manteve a uma Constituição e a Câmara dos Deputados                                                    .
5) Quais foram as conquistas sociais da Revolução que o governo Bonaparte consolidou?
R:.   Fim dos direitos feudais, igualdade perante a lei, igualdade de impostos, direito à propriedade pri-vada e a garantia de acesso aos cidadãos aos cargos públicos                                                           .
6) Apresente exemplos de liberdades individuais diminuídas na Era Napoleônica.
R:. Os jornais foram censurados; as greves e as organizações de trabalhadores foram proibidas; os opositores foram reprimidos; a escravidão voltou a ser usada nas colônias                                        .
7) Qual seria o objetivo político da reforma na educação implantada por Napoleão?
R:. A educação servia como meio de controle moral e político da população                                    .
8) Quais foram as medidas de Bonaparte para estimular a economia?  
R:.  Fundou o Banco da França; criou uma nova moeda (o Franco); criou regres para a arrecadação de impostos; concedeu empréstimos que dinamizaram a agricultura (incluindo drenagem de pântanos e irri-gação); promoveu obras públicas ( abertura de canais, reconstrução de portos, construção de estradas, etc.)                                                                                                                                                  .
9) Que benefícios para a burguesia francesa as medidas do governo napoleônico  possibilitaram?
R:.  As medidas possibilitaram a expansão dos negócios, a prosperidade e o início da industrialização da França                                                                                                                                          .
10) No ano de 1805 foi formada uma força militar europeia. Quais foram as nações unidas contra a França napoleônica?
R: .     Áustria, Rússia, Prússia e Suécia                                                                                          .
11) Qual foi a razão das hostilidades (briga) entre Grã Bretanha e França, na época da liderança de Bonaparte na França?
R:.   O grande objetivo de Napoleão era transformar a França em grande potência industrial, para tanto, sonhava destruir a Grã Bretanha, sua principal rival                                                                   .
12) Apresente exemplos das transformações causadas pela dominação francesa na vida dos países dominados.
R:.   Monarquias absolutistas foram substituídas por regimes constitucionais e foram abolidos privilégios da nobreza e da Igreja                                                                                                                          .
13) O que fez Napoleão contra a Grã Bretanha após as tentativas fracassadas de invasão a ilha britânica?
R:.Procurou sufocar a Grã Bretanha economicamente decretando, em 1806, o Bloqueio Continental     .
14) O que foi determinado pelo Bloqueio continental?
R:. Nenhum país da Europa continental poderia comercializar com a Grã Bretanha                               .
15) Explique o fato do Bloqueio Continental não ter atingido os seus objetivos.
R:.  Os britânicos recorreram ao contrabando e buscaram novos mercados consumidores para distribuir as suas mercadorias                                                                                                                              .
16) A falta de produtos causou revoltas em alguns países. Como Napoleão reagiu quando alguns governos ameaçavam romper o Bloqueio Continental?
R:.  Napoleão reagiu usando a força militar                                                                                       .
17) Explique a ligação entre a fuga da família real portuguesa para o Brasil e o Bloqueio Continental.
R:.  O governo de Portugal não aderiu ao Bloqueio Continental. Napoleão ordenou a invasão desse país. Por isso a família real portuguesa fugiu para o Brasil em 1807                                                       .
18) Qual foi a atitude de Napoleão quando o Czar Alexandre I rompeu o acordo da Rússia com a França e saiu do Bloqueio?
R:. Napoleão marchou sobre a Rússia com 500 mil soldados                                                             .
19) Qual foi a estratégia usada pelo Czar Alexandre para derrotar Napoleão?
R:.  Os franceses encontraram as cidades despovoadas e em chamas e as plantações destruídas. Por isso, as tropas de Napoleão padeceram de alimentos e de abrigos                                                    .
20) O que Napoleão foi obrigado a fazer, em 1814, após ser derrotado na Batalha das Nações?
R:. Napoleão foi obrigado a renunciar ao trono e a se exilar na ilha de Elba, que fica perto da Itália      .
21) Como Napoleão retornou ao poder em 1815?
R:. Napoleão fugiu de Elba e desembarcou no sul da França. As tropas enviadas pelo rei Luiz XVIII, para prendê-lo, aliaram-se a ele                                                                                                        .
22) O que aconteceu a Napoleão Bonaparte após ser derrotado na batalha de Waterloo?
R:. Napoleão Bonaparte foi exilado nas ilhas Santa Helena (Atlântico Sul)                                        .
23) Qual foi o objetivo da reunião de governantes europeus, conhecida como Congresso de Viena?
R:. Reuniram-se para decidir o restabelecimento das fronteiras dos países europeus alteradas pelas conquistas militares de Napoleão                                                                                                  .
24) Quais foram as decisões do Congresso de Viena?
R:. Recolocar no poder as dinastias que reinavam nos países antes de Napoleão invadi-los; restaurar o absolutismo; a frança voltou a ter as fronteiras anteriores a 1792, foram criados meios militares e diplo-máticos para sufocar qualquer revolta contra essas decisões                                                               .
25) Que reações ocorreram, entre 1815 e 1850, contra as medidas conservadoras impostas pelo Congresso de Viena?

R:. Explodiram revoltas lideradas pela burguesia liberal contra o retrocesso imposto pelo Congresso de Viena                                                                                                                                                 .

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

O retorno às aulas.


 Assuntos para divulgação.

        Artigo: Sabedoria na era da informação: um ensaio visual.


          O link seguinte abre textos interessantes. Não valem pontos para a média do Colégio, mas podem fazer a diferença na vida de cada um de nós. Dê uma olhada. há um vídeo, com narração em inglês, mas o segundo texto é a tradução do vídeo.    





          Notícia de interesse das turmas de 8° ano do CENII. 


          Participaremos de um evento que acontecerá no próximo sábado, dia 8 de agosto. É a segunda versão do "Ligados na escola", organizado pelo LACIIPED (Laboratório de Criatividade, Inovação e Inclusão Pedagógica). 
          Grupos de estudantes de medicina desenvolverão oficinas para ampliação dos nossos conhecimentos e melhoria dos nossos cuidados com o corpo.
          A participação será obrigatória, pois acontecerá no horário das aulas de história. Haverá uma tarefa específica para ser desenvolvida e entregue ao professor de história. Instruções durante a próxima aula.

          Veja o folder do evento.



sábado, 1 de agosto de 2015

Sugestão de viagem de férias (2): me divertindo e aprendendo

            Nessas férias fiz uma viagem que recomendo aos estudantes do Colégio Pedro II. Fui ao Uruguai, um dos países vizinhos do Brasil ao sul da América do Sul.


             O passeio é bem bacana. O frio não atrapalhou, foi só usar bastante agasalho.

             A cidade de Montevidéu, capital do Uruguai, é bonita, limpa e arborizada. Essa foto foi feita na região conhecida como Cidade Velha, por ter ainda muitas construções antigas: algumas do século XVIII, outras do século XIX e do início do século XX.



            Protegendo a entrado da Cidade Velha há uma grande estátua equestre do General Artigas. Pouco conhecido no Brasil, Artigas foi um dos personagens mais enigmáticos na história de nossos vizinhos. Figura central nas lutas pela independência da América, ele é considerado o herói nacional do Uruguai. - E um dos poucos mitos latino-americanos que mantêm boa fama, quase 200 anos após sua morte. Até hoje, turistas brasileiros se espantam com a atmosfera solene que reina no túmulo de Artigas.





             "Ele defendeu a liberdade civil e religiosa em toda a sua extensão imaginável - e suas ideias se parecem, de forma surpreendente, com a defesa atual da diversidade multicultural", diz o historiador uruguaio Nelson Caula, autor da biografia "Artigas Nemorañé", lançada em 2012. "Não é exagero dizer que o Uruguai laico e liberal deste início do século 21 seja, em grande parte, herança de Artigas."

             Atravessando a "Plaza Independencia", nas costas da estátua do General Artigas, encontrei o portão de entrada da cidade Velha, da época da fundação.



             Passando por esse portal pude encontrar museus, livrarias, galerias de arte, feiras de artesanatos e a arquitetura com grande mistura de estilos.


             Destaquei como exemplo essa livraria que por dentro é refinada e agradável. Variada e aconchegante. Daqueles tipo de local que nos dá vontade de permanecer por longo tempo.



             Olhando por fora, o prédio da livraria "Puro Verso" é de refinada beleza.


             Para quem gosta de praias, há uma ótima sugestão também, mas não é em Montevidéu. Afastada da capital uruguaia encontrei um balneário famoso chamado "Punta Del Este". Nele encontrei praias de mar aberto bastante boas.

             Mas estava muito frio para um banho de mar. Talvez se formos durante o verão...
             Mesmo assim, vi coisas bastante legais nessa cidade. As soluções para passear na orla são bacanas.


             Encontrei coisas bem estranhas também. Veja essa.


             Mas, eu não estava satisfeito ainda.

             Para quem gosta de história, o Uruguai é um país com atrações especiais. 
             Na época colonial foi alvo de disputas entre portugueses e espanhóis, que queriam controlar a foz do Rio da Prata (entrada da bacia hidrográfica que dá acesso, pela navegação, a amplas regiões do interior da América do Sul).
             Em 1680 os portugueses tiveram uma ação ousada ao ocuparem a região fundando a "Colônia do Santíssimo Sacramento", que existe até hoje. Esse local foi o centro das disputas luso espanholas até a época de Dom João VI, de Dom Pedro I e de Dom Pedro II.
             Fui até lá para ver.


             A cidade de Colônia de Sacramento é um pouco longe de Montevidéu. A estrada para chegar até lá tem trechos muito interessantes e estranhos. Quando cheguei lá, vi recantos que me pareceram parados no tempo. Presos a uma época distante.


             Mesmo as coisas modernas do lugar convivem com vestígios de séculos passados.


             Um belo pórtico de entrada, entalhado em granito, é um dos poucos vestígios da ocupação portuguesa.


             Além do portão de entrada, encontrei também o que restou de um farol construído pelos militares portugueses do século XVII.



             A briga entre portugueses e espanhóis, na fase colonial, e entre brasileiros e argentinos, a partir do século XIX, objetivava o domínio da "Banda Oriental do Uruguai", será assunto de aulas de história. - O que não vem ao caso agora.

             A viagem foi muito boa para mim. Procurei mostrar uma pequena parte do que vi e fiz por lá. Para você saber de maiores detalhes, só conversando pessoalmente ou dando uma chagadinha ao Uruguai nas próximas férias.
             Fica para você a minha sugestão de viagem.